3 aspetos chave para o sucesso do Marketing Digital na área da Saúde

Não é segredo que o setor de saúde tende a ficar atrás de outras indústrias quando se trata de marketing digital.

No entanto, de forma a chegar até aos pacientes que utilizam as novas tecnologia significa que utilizar o marketing digital já não é apenas uma questão de opção, mas sim uma obrigatoriedade. E este facto tanto funciona para uma clinica de estética no porto como para uma clinica dentaria lisboa.

Se está no setor de saúde ou tem clientes nessa área e espera obter resultados através do marketing digital, aqui ficam três elementos-chave que devem fazer parte da sua estratégia digital:

1) Ter um website responsivo

De acordo com estudos efetuados, cerca de um terço dos pacientes utilizam dispositivos móveis ou tablets diariamente para pesquisa de médicos e/ ou para marcar consultas. Considerando o aumento do uso da web móvel em comparação com o uso de computador, as organizações de saúde devem considerar os benefícios da transição para um design de site responsivo.

Um site responsivo é projetado para adaptar-se ao tamanho do ecrã de qualquer dispositivo móvel. Os elementos do site ajustam-se de acordo com a resolução do ecrã, tornando o conteúdo mais fácil de ler e navegar. Embora o desenvolvimento de um site responsivo exija mais esforço e investimento, este elimina a necessidade de um site móvel desenvolvido à parte e assegura a coerência numa ampla gama de dispositivos, incluindo computadores, tablets e smartphones.

2) Otimização para motores de busca

Com um número cada vez maior de consumidores que usam a web para encontrar informações médicas e de saúde, é crucial que as organizações desenvolvam uma estratégia de otimização para motores de busca (SEO) que lhe permita ser encontrada quando um potencial cliente realiza uma pesquisa online.

Numa indústria tão grande, existe competição para levar este tráfego até aos sites. Por exemplo, se um portal de clínicas dentárias tem uma estratégia de SEO mais eficaz do que a sua clinica, ela aparecerá mais nos resultados de busca orgânica. Através de uma estratégia de SEO altamente segmentada, é possível aumentar o ranking nos motores de busca e consequentemente a presença global na web.

3) Marketing de Conteúdo

When content is crafted correctly, it captures people’s attention, holds their interest, and successfully prompts them to take a desired action, such as clicking on a “Next” or “Learn More” button, picking up the phone to call your hospital or practice, or purchasing your healthcare equipment, supplies or insurance.

É impossível construir uma estratégia bem sucedida de SEO sem o conteúdo certo. Para ter sucesso em qualquer área da saúde, as empresas precisam hoje em dia, de produzir constantemente novos conteúdos que não os ajuda a ser encontrados em pesquisas online, mas que também lhes permite captar novos pacientes.

Desde posts em blogs até aos media sociais, vídeos, ebooks, webinars e muito mais, é preciso publicar conteúdo que vai fazer com que uma clinica seja encontrada on-line, apenas por estar a utilizar os mesmos mecanismos de busca e canais de mídia sociais que o seu público-alvo utiliza para obter informação sobre os serviços de saúde e produtos que usa.

Este conteúdo, quando trabalhado corretamente, melhora o ranking nos motores de pesquisa e leva tráfego aos websites. A partir daí, oferecendo promoções ou descontos ao longo de todo o funil de vendas, incentiva os potenciais pacientes a visitar a clinica, seja para ser visto por um médico, ou para fazer exames (depende sempre da área de saúde).

Ao captar a atenção das pessoas, o seu interesse, torna-se mais fácil pedir-lhes para tomar uma ação como clicar num botão “Marcar Consulta” ou “Saiba Mais” ou até mesmo convence-las a pegar no telefone para marcar uma consulta.

Ao implementar essas três chaves na sua estratégia de marketing digital em qualquer que seja a sua área de profissional da saúde, estará pronto para dominar a sua concorrência online!

Dicas de Marketing para uma Empresa de Limpezas Domésticas

1. Publicidade tipo “passa palavra”
Muitas empresas dependem da publicidade “passa palavra”. Isto porque no negócio das limpezas domésticas, quando alguém o contrata para limpar a sua casa, essa pessoa está a dar-lhe acesso directo à sua casa e muitas pessoas pensam duas vezes antes de contratar este tipo de serviços, simplesmente porque não querem alguém que não conhecem em sua casa. Ao apresentar uma imagem profissional, fazendo um trabalho sólido e incentivando as tais referências “passa palavra”, podem ajudar a sua empresa.

2. Publicidade grátis
Aproveitar publicidade gratuita significa usar os social media em sua vantagem. Incentive os seus clientes atuais a publicar um comentário sobre seu negócio na sua página de Facebook. Incentive os seus clientes a fazer like na sua página de Facebook, para que possam tirar partido de todas as ofertas especiais que você oferece, ou para saber mais sobre acordos com empresas especializadas (em outras áreas) com as quais tenha parceria.

3. Publicidade paga
Existem algumas empresas que conseguem sobreviver e até mesmo prosperar sem nunca terem pago um cêntimo de publicidade. O negócio das limpeza domésticas não é exceção. No entanto, o seu negócio crescerá mais rápido se investir em alguma publicidade. Algumas formas de economizar dinheiro em publicidade para o seu negócio inclui publicidade em jornais locais (de menor dimensão), mas que iram comercializar diretamente as pessoas que você quer como clientes (aqueles que vivem na sua área alvo). Para a maioria das empresas de limpeza, exceto para as de maior dimensão, provavelmente não faz sentido anunciarem no jornal local.

4. Acompanhe as tendências
Nos dias que correm as pessoas querem as suas casas limpas, mas têm uma noção ambiental muito personalizada, o que leva a que não queiram que os produtos usados na limpeza das suas casas tenham químicos nocivos para o ambiente. Se uma empresa de limpezas em lisboa oferecer métodos e tratamentos de limpeza “verdes”, poderá provavelmente ganhar mais clientes do que se se mantiver indiferente às tendências e à evolução do mercado. Para fazer o seu serviço limpeza mais acessível para aqueles que pensam que “amigo do ambiente” significa “caro”, pode por exemplo, anunciar serviços de limpeza ecológicos acessíveis concentrar a publicidade no facto de como métodos de limpeza “verdes” são benéficos, mas não são mais caros ou complicados do que os métodos tradicionais.

Marketing Automatizado: É tudo uma questão de como segmentar os seus clientes

marketingautomatizadoNão há um dia que passe, em que não encontre um artigo sobre marketing automatizado, segmentação, ou como grandes empresas multinacionais estão a fornecer aos seus departamentos de marketing novas ferramentas para abrir caminho para esta nova era no marketing digital. As regras do “jogo” do marketing estão em constante evolução, e nós, no nosso campo temos de acompanhar as novidades!

Na sua origem, o marketing automatizado utiliza software para, mais eficientemente, comercializar a sua marca em vários canais online, tais como redes sociais e websites e automatizar estas tarefas repetitivas. Seja através da utilização de cookies, bancos de dados ou integração na plataforma de vendas, estes sistemas automatizados são o “Santo Graal” para os comerciantes por uma razão muito simples: ao ter detalhes específicos sobre necessidades e desejos dos clientes, torna-se possível orientar-lhes exclusivamente publicidade que atende a essas necessidades. Este tipo de marketing proporciona ao cliente algo que se sabe que ele quer.

Parece incrível e é, mas vai exigir às empresas que trabalhem de forma mais colaborativa com as suas equipas de vendas e marketing ou com empresas de marketing digital, o que não é tarefa fácil! Quanto mais estas duas equipas trabalharem integradas, mais tempo existirá para desenvolver estratégias com aumento de ROI.

A importância da estratégia no marketing automatizado, torna-se ainda mais importante porque estamos a pesquisar e mapear comportamentos dos clientes, para ser possível orientar-lhes o tipo de publicidade mais apropriado. Sem uma estratégia deste tipo, o seu marketing automatizado irá falhar.

Esta é uma das maiores mudanças que esta área de negócio tem visto nos últimos anos, a oportunidade de ter os departamentos de vendas e marketing a trabalharem em conjunto, para podermos concentrar a nossa atenção no que realmente interessa – o cliente.